A partir do próximo ano, segundo a colunista Keila Jimenez do jornal Folha de S. Paulo, o instituto Nielsen e o Twitter vão lançar um novo conceito de medição da audiência da TV, que promete revolucionar a forma de fazer e assistir televisão como temos hoje. A pesquisa vai medir, oficialmente, o “buzz social”, isto é, a audiência gerada por atrações exibidas na televisão no Twitter, que já foi consagrado, inclusive pela própria empresa, como a “segunda tela”. Como já falei no outro post, a TV Social vai exigir uma grande mudança por parte das emissoras de televisão, uma vez que não existe mais a barreira entre produtor/receptor e o telespectador que está nas redes sociais é ativo, crítico, deseja e merece ser ouvido.

A nova medição é interessante uma vez que vem oficializar algo que já vinha acontecendo nos EUA. Recentemente, uma série que não ia tão bem na audiência tradicional, foi renovada por conta de seu “buzz oficial”. Só que até agora essa medição não tinha um aparelho, uma amostragem oficial, era baseada em ferramentas de monitoramento, que não atendem completamente às exigências da televisão. A parceria Nielsen (o equivalente ao Ibope lá) e Twitter vai proporcionar  visualizar quantas pessoas são atingidas por determinadas tuitadas e qual o grau de engajamento do telespectador com as atrações citadas no Twitter.

É a TV Social, cada vez mais, ganhando espaço e se consolidando. Uma nova revolução – equivalente a da chegada da TV colorida e da alta definição – está para ser vivenciada pela televisão. É esperar para ver como ela vai se modificar e atender a este novo telespectador: engajado, ativo e crítico.

About Author

You may also like

No Comment

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.