O início

O conceito de segmentação comportamental, conhecido como Behavioral Targeting (BT), surgiu nos Estados Unidos dentre os profissionais de marketing direto como uma estratégia dirigida a conquistar uma parcela maior de vendas dentro um subgrupo específico, ao invés de buscar uma participação mais limitada de compras por usuários de todas as categorias.

Em seguida surgiram as primeiras estratégias de Behavioral Targeting na internet, mas a imaturidade do mercado fez com que o assunto ficasse esquecido.
 

Atualmente a necessidade crescente de otimizar esforços de mídia, aumentar o ROI de campanhas e a lealdade do consumidor estão estimulando o crescimento de ações dentro do Behavioral Targeting, que hoje já é um grande diferencial para portais e anunciantes, mas pouco explorado pelas lojas virtuais.

Mas afinal, o que é segmentação "comportamental"?

Segmentação comportalmental não diz respeito à aquela segmentação por região, por perfil preenchido em cadastros, ou por IP, etc. O diferencial está no foco dado aos hábitos de navegação e consumo dos usuários. Essa é a novidade!

 
Não há invasão de privacidade nesse tipo de estratégia. Muito pelo contrário. Os usuários deixam "rastros" ao navegar na web. Essas informações captadas geram um banco de dados anônimo contendo centenas de variáveis. A inteligência está na interpretação dessas informações e no agrupamento dos perfis de acordo com suas similaridades.

Qual é a vantagem em se utilizar BT em campanhas online?

Individualizar o público-alvo. O simples fato de conhecer previamente as atitudes de um usuário permite que o anunciante crie peças com linguagem direcionada a ele, demonstrando conhecimento de seus interesses.

Imagine que você, como consumidor, está no processo de escolher um notebook. Compara preços, funcionalidades e ainda indeciso. Em algum momento, ao clicar em um portal qualquer para ler uma notícia, se depara com um banner dizendo "Vai continuar procurando um Notebook a vida inteira? O Ponto Bahia resolveu te dar uma forcinha: 25% de desconto, mas é só pra você. Compre agora!".
 
Essa segmentação é boa para o anunciante, que pode fazer render mais seus investimentos em mídia online aumentando o ROI, já que poderá direcionar suas verbas diretamente para o público-alvo, sem dispersão de dinheiro.
 
Os veículos também lucram com essa ferramenta, que amplia seu inventário publicitário e aumenta o interesse na veiculação em áreas ainda pouco exploradas.
 
Como consequência de exibir anúncios direcionados para o público alvo, as taxa de cliques de uma campanha aumentam consideravelmente, pois atinge um público realmente interessado no produto.
 
Essa modalidade de marketing é muito explorada nos Estados Unidos, mas no Brasil apenas os grandes players de ecommerce utilizam, havendo uma grande oportunidades para os lojistas virtuais de médio e pequeno porte.
 
Sua loja não colhe os benefícios de sugerir produtos utilizando segmentação comportamental? Entre em contato comigo.
 

About Author

You may also like

No Comment

You can post first response comment.

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.