O Guilherme Chapiewski, recentemente escreveu dois posts sobre um assunto que eu considero de grande importância, a leitura de livros.

Dada a importância, o conteúdo está reproduzido logo abaixo.

Fonte: http://gc.blog.br/2008/01/22/voce-tem-que-ler-os-livros/
Fonte: http://gc.blog.br/2008/03/27/10-livros-recomendados-para-desenvolvedores/

Nos últimos meses já ouví algumas pessoas dizerem que não têm costume de ler livros, ou questionarem a necessidade de lê-los, já que há uma abundância de fontes de leitura por aí na Internet.

Hoje em dia realmente temos milhares de formas de nos informarmos. Me lembro de ter lido em algum lugar que a Internet possui mais de 250 milhões de sites. Se somarmos isso tudo, realmente tem muita informação. Justamente por isso, faz parte da minha rotina diária dar uma navegada no Google Reader, onde tenho cadastrados os feeds de mais de 300 sites e blogs de diversos assuntos que acho interessantes. Essa é basicamente a minha principal fonte de informação diária e é a melhor maneira de me manter atualizado com tantas novidades surgindo por aí todo dia.

Porém, em alguns casos, para aprender e entender certos assuntos, você precisa ler os livros. Não tem jeito! Por exemplo, como é que um desenvolvedor de software pode dizer que entende Domain-Driven Design sem ter lido o livro do Eric Evans ou pelo menos o DDD Quickly? Ou então dizer que sabe sobre metodologias ágeis sem ter lido pelo menos um livro do Ken Schwaber, Kent Beck ou Uncle Bob? Como é que alguém pode se dizer Arquiteto de Software Sênior++ Certified ™ sem ter visto o Patterns of Enterprise Application Architecture e o GoF? Eu respondo: não tem como. Simplesmente não tem jeito, você precisa ler os livros.

Hoje mesmo o Patrick Kua, que trabalha na ThoughtWorks, escreveu um post sobre os livros que ele considera essenciais para saber sobre metodologias ágeis. Ele acredita que você precisa ler 11 livros, O.N.Z.E. livros, para entender sobre o assunto, e ainda completa: “Of course, simply reading the books won’t mean that you’re an expert […] though it’ll definitely help in providing context, advice or skills that you need to practice.”. Ou seja, mesmo lendo todos esses livros, ainda há muita coisa para aprender… E estamos falando sobre um assunto apenas.

Assim como os blogs e os sites, os livros são uma fonte de informação importantíssima e necessária. Se você quer trabalhar com tecnologia e desenvolvimento de software não tem jeito: tem que ler e ler muito!

[…]

Então, resolví criar a lista dos 10 livros que eu particularmente mais gosto e que recomendo fortemente para qualquer desenvolvedor. Estes livros são alguns dos que mais me influenciaram a melhorar minha forma de trabalhar e programar. Além disso, coloquei link para os sites, blogs ou páginas de informações dos autores, caso alguém ainda não tenha:

Agile Software Development, Principles, Patterns, and Practices
Robert C. Martin
Agile Software Development with SCRUM
Ken Schwaber e Mike Beedle
Design Patterns: Elements of Reusable Object-Oriented Software
Erich Gamma, Richard Helm, Ralph Johnson e John M. Vlissides
Domain-Driven Design: Tackling Complexity in the Heart of Software
Eric Evans
Extreme Programming Explained: Embrace Change (2nd Edition)
Kent Beck e Cynthia Andres
Introduction to Algorithms
Thomas H. Cormen, Charles E. Leiserson, Ronald L. Rivest e Clifford Stein
The Mythical Man-Month: Essays on Software Engineering
Frederick P. Brooks
Patterns of Enterprise Application Architecture
Martin Fowler
Peopleware: Productive Projects and Teams
Tom DeMarco e Timothy Lister
The Pragmatic Programmer: From Journeyman to Master
Andrew Hunt e David Thomas

Infelizmente todos os livros são em inglês e nem sei se existe tradução. Se você não souber inglês, matricule-se urgentemente em algum curso porque saber inglês nesta área é muito importante!

About Author

You may also like

3 Response Comments

  • Rafael  31/08/2010 at 08:41

    Dae Igor,

    Ler livros é realmente uma necessidade, mas eu faço uma ressalva em relação a esse texto. Nós da área de TI tendemos a viver muito na área técnica, visto que estamos estudando e pesquisando o tempo todo.

    Eu acho interessante que essa idéia da importância de ler livros seja levada além da literatura técnica. Leia romances, ficção, clássicos, best sellers, mas saia do mundinho de TI!

    A parte mais importante do nosso trabalho é a resolução de problemas, e nada melhor do que se habituar a idéias distintas que, mesmo sem influência direta no trabalho da gente, nos dê a capacidade de pensar de maneiras diferentes (“out of the box” como alguns gostam de dizer).

    Portanto, façam o favor de ler livros não-técnicos 😉

    Responder
    • Igor Musardo  31/08/2010 at 12:35

      Rafael, tocou em um ponto muito importante, ler livros não técnicos é tão importante quanto ler livros técnicos. E ninguém tem desculpas para não ler. Inclusive os preços não são mais impeditivos, pois existe o Estante Virtual que reúne milhares de sebos do Brasil todo.

      Responder

Leave A Comment

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter a message.

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.